SINPOL-RS: conclama ao Parlamento Gaúcho fiscalização e debate sobre o IPE Saúde

Foto: Presidente do SINPOL-RS, Mário Flanir e o Chefe de Gabinete da Casa Civil, Jonatan Brönstrup
Autor: Miguel Noronha

A Direção do SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, na tarde do dia 17/05, quarta-feira, protocolou o ofício nº 26/2023, na Casa Civil do Governo do Estado, diretamente com o Chefe de Gabinete da Casa Civil, Jonatan Brönstrup, reivindicando demandas sobre o Projeto de Lei Complementar, Nº 259/2023, protocolado na Assembleia Legislativa, tratando da reestruturação do IPE Saúde, com  majorações das alíquotas previdenciárias, inovação de cobrança dos dependentes, aumento na coparticipação das taxas de pagamentos de exames imputados aos servidores, dentre outros medidas. O SINPOL-RS, solicita que antes de qualquer apreciação do referido projeto pelos parlamentares gaúchos, deve-se realizar uma séria auditoria pública com a participação do MPC, SEFAZ, CAGE, PJ, OAB, e todas as demais entidades representativas dos servidores públicos, para que se viabilize a apuração das contas da autarquia, acompanhada do seu inventário imobiliário, seus credores, em contraponto a eventual dívida existente, visando uma maior transparência nas medidas de saneamento do órgão.

“É necessário e vital que o quadro de funcionários do IPE Saúde seja recomposto, principalmente o setor de fiscalização e auditoria que devem ser realizados pelos gastos de hospitais e clínicas conveniados. Me parece que se estas medidas preliminares não forem adotadas, estão visando o sucateamento da nossa autarquia. O SINPOL-RS, deseja que haja um planejamento administrativo e financeiro de saneamento de Estado a médio e longo prazo, e não apenas de governos passageiros, pois correremos o risco de financiarmos eternamente déficits de futuras gestões temerárias.  Por fim, as Presidências, Direções, cargos de fiscalização e demais chefias, devem ser exercidas por servidores de carreira e não ser alvo de apaniguados políticos”.

Mário Flanir

Presidente do SINPOL-RS

Segue a íntegra do ofício nº 26/2023



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − quatro =