FATALIDADE EM RAZÃO DO ESTRITO CUMPRIMENTO DO DEVER PROFISSIONAL

O Presidente do SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, Mário Flanir, esteve na tarde de hoje, 16/06/2023, na 3ª Delegacia de Canoas/2ªDRM, com o objetivo de buscar informações sobre o estado de saúde dos três policiais envolvidos em acidente de trânsito, ocorrido dia 15/06, na BR 386, em TRIUNFO-RS, envolvendo a VTR OFICIAL- Marca TOYOTA, modelo HILUX, resultando em colisão com um outro veículo marca RURAL, modelo WILLYS, tripulado por um casal e a filha menor.

Conforme contato pessoal mantido com a Titular do Órgão, Delegada Luciane Bertoletii, os policias feridos, no dia dos fatos, foram socorridos e conduzidos imediatamente para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas, com a mesma assistência prestada às demais pessoas que estavam no automóvel RURAL WILLYS. Segundo informações, os três colegas policiais após medicados e em recuperação dos ferimentos, na data de hoje, 16/06, já foram liberados para seguirem tratamentos em suas respectivas casas. Infelizmente, houve um óbito dos tripulantes da RURAL. A Delegada Luciane, afirmou que os três policiais envolvidos no referido acidente, lotados na SI, são excelentes profissionais, muito dedicados e extremamente respeitados por toda a equipe de 16 colegas que na DP trabalham, elevando o nome da Instituição perante a sociedade canoense. A titular esclareceu que sua equipe estava retornando de uma missão, na qual, consistiu em conduzir uma detenta, objeto de prisão preventiva, envolvida no golpe dos nudes, entregando a mesma no presídio local, e nesse interim, ao retornarem, foi expedido um Mandado de Prisão pela 4ª Vara Criminal de Canoas, para prender um investigado acusado de estupro e que estava numa clínica de recuperação. Com o objetivo de dar instantaneidade às investigações, desviaram sua rota, fato que acabou resultando no referido acidente de trânsito. Foi verificado que no mesmo trecho já havia ocorrido dois acidentes por provável acúmulo irregular de água na pista de rolamento. Também foi informado que a velocidade da VTR, era compatível com trecho da BR, bem como o veículo era novo. Conforme a Delegada Luciane, o que houve foi infelizmente uma fatalidade.

“Infelizmente esta fatalidade envolvendo três excelentes profissionais da nossa Polícia Civil, igualmente de maneira triste, gerou mais três vítimas que tripulavam o veículo RURAL WILLYS, cujos fatos preliminares estão a indicar que haviam falhas na pista de rolamento, cujos apontamentos periciais poderão registrar. Mas não podemos, mais uma vez deixarmos de registrar e demonstrar às autoridades e responsáveis pela segurança pública gaúcha, em destaque ao Núcleo do Governo, que os acidentes, riscos de vida, oriundos da dedicação, profissionalismo e denodo que os nossos policiais civis e demais membros que compõem o sistema de segurança público do Estado, sofrem diuturnamente, em defesa da sociedade gaúcha, merecem respeito, dignidade, e valoração pelas atividades exercidas. Ainda que às vezes venham acompanhados de fatalidades, por desviarem o destino de suas missões iniciais para dar cumprimento a um mandado judicial, resultando no sinistro registrado. Portanto, não há como aceitar que nossas promoções estejam atrasadas; que não atendam a nossa simetria remuneratória, envolvendo os Comissários de Polícia; e uma justa recomposição salarial para todos os policiais: Delegados, Comissários, Escrivães, Inspetores e Investigadores da nossa Polícia Civil. Aguardamos a palavra do Sr. Governador.”

Mário Flanir, Presidente do SINPOL-RS.

One thought on “FATALIDADE EM RAZÃO DO ESTRITO CUMPRIMENTO DO DEVER PROFISSIONAL

  • 16 de junho de 2023 em 20:57
    Permalink

    Excelente atuação! Saíram na frente como sempre!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =