SINPOL-RS: Governo Leite propõe estratégia de aumento específico para setores do funcionalismo

O SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, observa atentamente como o núcleo do governo Leite está conduzindo as negociações referentes às reposições salariais envolvendo o funcionalismo. Hoje, aportou na AL/RS, o projeto de lei propondo reajuste de 18,02%, parcelado até o ano de 2025 atendendo as seguintes entidades: Fepam, Fase, FPE, FGTAS, FADERS, Ascar-Emater/RS, Metroplan e Fundação Theatro São Pedro, atingindo cerca de 5 mil servidores. A reposição também abrange o vale alimentação e demais auxílios, conforme especificado na matéria publicada na coluna da jornalista Giane Guerra/site Zero Hora, divulgadas na manhã desta terça-feira, 20/02. A votação do projeto será realizada na quarta-feira, dia 21/02.

O SINPOL-RS, confirmando os pleitos principais e imediatos que atendem a categoria dos servidores da polícia civil, tendo como base as reivindicações vitais: reajuste/reposição salarial e o resgate da simetria dos Comissários de Polícia, cujo o final de carreira dignifica os Inspetores, Escrivães e Investigadores.

Já há alguns meses estamos realizando reuniões com o escalão superior do núcleo do Governo: Secretário-chefe da Casa Civil, Sr. Artur Lemos, Sra. Danielle Calazans (SPGG), Delegado Federal Sr. Sandro Caron (Secretário da Segurança Pública) e o Deputado Líder do Governo,  Frederico Antunes/PP, para viabilizar as demandas dignas aos policiais ativos, inativos e pensionistas, considerando que a corrosão dos salários devido à inflação, já perfazem 60%.

Portanto o Governo tem que ter coerência e verdade em seu discurso quando admite a excelência e produtividade positiva das atividades da nossa Polícia Civil em prol da sociedade, sendo que esse reconhecimento tem que ser consolidado com um projeto de lei que atenda as reivindicações das demandas pleiteadas pela categoria, de no mínimo 40% de recomposição/ resgate e simetria.


One thought on “SINPOL-RS: Governo Leite propõe estratégia de aumento específico para setores do funcionalismo

  • 29 de março de 2024 em 21:58
    Permalink

    nao votei governador eduardo votei onix que seria o governador dos funcionario ,estilo tarso agaora aguento que me salva restituicao irpf e trese salario fim de ano, to levando benhur pm salario liquidi0 7.1oo grato

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − dois =