SINPOL-RS: pré-candidato ao Palácio Piratini, Roberto Argenta, faz visita ao Sindicato dos Policiais Civis

A Diretoria do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS recebeu o pré-candidato ao Governo Estadual pelo PSC, o empresário Roberto Argenta e as Assessoras Jaqueline Veiga e Délis Stoma, acompanhadas por Luís Fernando Padilha, Coordenador Político da campanha do pré-candidato a Deputado Estadual  Comissário Raldi, nesta sexta-feira, 01/07, na sede do SINPOL-RS. A agenda do pré-candidato foi solicitada pelo Comissário de Polícia e pré-candidato a Deputado Estadual, Thiago Raldi, articulado com a assessoria de campanha eleitoral de Roberto Argenta. Participaram da reunião o Presidente do SINPOL-RS, Mário Flanir, os Diretores Inspetor Fábio Prado; Comissário Júlio César De Fabra Júnior; Secretário-geral Comissário Volnei Arlindo Braga de Lima; Investigador Rafael Carvalho, Inspetor Jorge Luís Pinheiro Rodrigues; Comissário Ricardo Salamon, Comissário João Alberto Souza, Comissária Ilorita Cansan, Inspetor Carlos Salazar, Comissário Eduardo Cabral, Inspetor Paulo Ricardo da Silva Morais, Comissário Thiago Raldi, e Jorge Vaz, colaborar previdenciário do SINPOL-RS.

O Presidente Mário Flanir iniciou a reunião enfatizando a perda da paridade e integralidade ocorrida em relação aos Policiais Civis. A diminuição da cota de pensão para os dependentes da Polícia Civil, todos esses fatos negativos foram produzidos pela Reforma da Previdência, através da PEC 103/2019, do Governo Federal. Na fala do Presidente do SINPOL-RS, o mesmo afirmou veementemente que é necessário reverter esta situação. Outra questão sustentada pelo Presidente do SINPOL-RS, foi que o efetivo da Polícia gaúcha precisa ser ampliado, bastando ao atual governo chamar os candidatos aprovados no concurso de 2018. Outro protesto realizado pelo presidente do SINPOL-RS, foi o flagrante desrespeito e descaso praticado pelo atual governo que rompeu a simetria salarial que existe há décadas, entre os Comissários de Polícia e Capitães (BM), tendo em vista que houve um reajuste remuneratório em favor dos Capitães, o qual não foi repassado aos Comissários de Polícia. Tal insensibilidade também atingiu os Delegados de Polícia, pois ficaram igualmente sem este reconhecimento remuneratório.

A pauta previdenciária também foi objeto de crítica, tendo em vista que os serviços prestados pelo IPE atualmente não atendem aos serviços prestados adequadamente à família policial. Foi reivindicado apoio ao pré-candidato Argenta visando aprovação da Lei Orgânica da Polícia Civil, que tramita no Congresso Nacional, e outras discussões que foram debatidas durante o encontro. O pré-candidato Roberto Argenta se comprometeu em fazer uma análise de toda a situação da categoria policial, e acima de tudo, buscar atender dentro do possível as demandas da Polícia Civil Gaúcha. Por fim afirmou que é necessário a valorização dos servidores público estaduais, pois a saúde, educação e segurança são as pilastras para o desenvolvimento do Estado.

Texto: Comunicação SINPOL-RS
Fotos: Miguel Noronha

Acesse as imagens da reunião na galeria de fotos a seguir

Postada por Comunicação Sinpol/RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =