SINPOL-RS entrega ofício aos Parlamentares gaúchos da ALRS solicitando maior discussão sobre o projeto do IPE SAÚDE

O SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, representado pelo Presidente da entidade, Mário Flanir, esteve na Assembleia Legislativa do Estado nesta terça-feira, para dialogar com os parlamentares, sobre a proposta de reestruturação do IPE Saúde, apresentada pelo Governo Estadual na noite de segunda-feira, dia 17/04. O Presidente do sindicato dos Agentes e Delegados da Polícia Civil foi recebido pelos Deputados Gustavo Victorino (Republicanos), Eduardo Loureiro (Líder da bancada do PDT), Capitão Martim (PL), Escrivão Leonel Radde (PT), Delegada Nadine (PSDB) e Rodrigo Lorenzoni (Líder da bancada do PL), e entregou um ofício onde constam reivindicações e providências sobre o projeto elaborado pelo Governador Eduardo Leite, cujo o foco se limita apenas em elevação de alíquotas dos segurados e seus dependentes, no referido documento o SINPOL-RS, exige que seja realizada uma auditoria pública com multiparticipação dos órgãos fiscalizadores do Estado (MPC, TCE, PJ, SEFAZ, órgãos representativos das entidades de classes) nas contas do IPE SAÚDE e IPE PREVIDÊNCIA , com o objetivo de detectar todos os dados financeiros da instituição previdenciária, com seus passivos e ativos; quais os patrimônios existentes e registrados em seu nome; para onde os recursos financeiros do órgão são canalizados, e se são drenados para a conta única da SEFAZ, e após, qual seu destino efetivo, etc.

As providências requeridas, são baseadas em nossas firmes convicções que devemos dar um basta na intenção do desmonte do IPE, pois desejamos a sua manutenção sadia. O IPE, é patrimônio dos servidores públicos e de suas famílias, não devendo ser manipulado e direcionando seus recursos para possíveis usos em outras políticas de governos passageiros.

Por fim, acreditamos no êxito do trabalho da Direção do SINPOL-RS, tendo em vista, que todos os parlamentares contatados afirmaram que o projeto do IPE Saúde, não será apreciado em plenário, sem que haja uma ampla discussão democrática com os servidores públicos estaduais.

Acesse o ofício entregue aos parlamentares da ALRS –   Ofício IPE SAÚDE

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − cinco =