SINPOL-RS: entidades representativas da categoria se reúnem com a Chefia de Polícia e reivindicam esclarecimentos sobre projetos do Governo

Fotos: Miguel Noronha

Na tarde desta quarta-feira, 01/11, no Gabinete do Chefe de Polícia, os Presidentes do SINPOL-RS, Mário Flanir, ACP/RS, Luiz Cezar Mello, UGEIRM, Isaac Ortiz e ASDEP/RS, Guilherme Wondracek, foram recebidos pelo Chefe de Polícia, Delegado Fernando Sodré, cujas as pautas foram tratadas de forma objetiva:

– Cobrança do conteúdo dos projetos anunciados pelo núcleo do governo envolvendo a realocação de vagas dos Agentes e Delegados de Polícia, para as futuras promoções. Como resposta o Chefe Sodré afirmou que a elaboração do projeto foi tratada de forma sigilosa para evitar interpretações que poderiam prejudicar a ideia principal, qual seja o aumento de vagas para as promoções.

– Indagação se as promoções anunciadas pelo Governador Eduardo Leite, serão realizadas na totalidade das vagas existentes, para as diversas classes de Agentes e Delegados. Como resposta, o Delegado Sodré afirmou que a decisão não está definida, pois quem irá determinar este comando será o Governador. O Chefe de Polícia manifestou ser  favorável que todas as vagas sejam preenchidas em favor dos integrantes da categoria.

– Simetria dos Comissários de Polícia: O Chefe Sodré enfatizou que esta é uma pauta específica e constante em favor dos Agentes de Polícia. Declarou que mantém seu entendimento favorável ao resgate histórico desta equivalência salarial, pois  mantém a dignidade profissional da carreira dos Agentes, e que já se posicionou desta forma perante o Núcleo do Governo. Todavia, a decisão cabe igualmente ao Governador Eduardo Leite.

– Recomposição salarial para toda a categoria (Delegados e Agentes): Em relação a esta reivindicação o Chefe de Polícia afirmou que o Governo pretende atender a categoria no início de 2024, pois o Núcleo do Governo sustenta a observância da Lei de Responsabilidade Fiscal e seu Teto Prudencial.

Por último o Chefe de Polícia, Delegado Sodré, informou que está gestionando com o comando do Executivo a possibilidade de expandir o número de vagas para as promoções em todos os níveis para Agentes e Delegados, a partir de medidas legais que já estão sendo construídas. Importante referir que o Chefe Sodré afiançou que quando as medidas de valorização salarial forem implementadas, entende que devem ser aplicadas de forma linear para todos os policiais civis do Rio Grande do Sul, sem distinção de cargos. Na esteira desta manifestação os Presidentes das entidades reivindicaram que os policiais aposentados e pensionistas jamais devem ser esquecidos pelo atual Governo, sendo contemplados por toda e qualquer vantagem remuneratória.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + doze =