SINPOL-RS: UMA AUTORIDADE PÚBLICA PRECISA DIALOGAR COM OS ÓRGÃOS PÚBLICOS

Já em 2022, o presidente do SINPOL-RS, Mário Flanir, cumprimenta o Sr. governador Eduardo leite, reivindicando as demandas policiais. Foto: Miguel Noronha/Comunicação SINPOL-RS.

Faz seis anos (06) que o funcionalismo público, em especial os órgãos que compõe a Segurança Pública, reivindicam uma justa remuneração salarial considerando que a corrosão inflacionária dos salários perfaz mais de 60%. Fomos alvo de aumento das alíquotas do IPE/RS, sofremos a implementação cruel da Lei do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), sob o argumento das dificuldades nas finanças públicas estaduais, estamos perdendo nosso poder aquisitivo e consequentemente a diminuição da qualidade de vida da família Policial Civil (Delegados, Comissários, Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia), ativos, aposentados e pensionistas.

Sempre mantivemos a nossa missão em defender e manter a paz social no Rio Grande do Sul, mesmo durante a pandemia do Covid-19.

SR. GOVERNADOR EDUARDO LEITE, UM VERDADEIRO ESTADISTA DIALOGA COM OS OPERADORES PÚBLICOS QUE COMPÕE A ESTRUTURA DA SEGURANÇA PÚBLICA.

SINPOL-RS: JUNTOS SOMOS MAIS FORTES! FORÇA E HONRA!

Secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos e o Líder do Governo, Deputado Frederico Antunes/PP, recebem os presidentes das entidades e suas reivindicações: reajuste salarial para todos os policiais e o resgate da simetria. Foto: Miguel Noronha/Comunicação SINPOL-RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + oito =