SINPOL-RS presente na sessão no Plenarinho da AL-RS que debateu a proposta do aumento de ICMS


O SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, representado pelo Presidente, Mário Flanir, os Diretores Júnior Fabra, João Alberto Souza, Maria Lahude e o associado Montgomery Tatim, esteve presente na sessão promovida pela Comissão Mista Permanente de Defesa do Consumidor e do Contribuinte e Participação Legislativa Popular da Assembleia Legislativa, presidida pelo Deputado Dr. Thiago Duarte (União Brasil), na quarta-feira, 10/04, cujo o objetivo foi a discussão do reenvio do projeto de aumento da alíquota modal do ICMS, elevando dos atuais 17,5% para 19%. No local estavam presentes os deputados ligados a segurança pública, dentre eles a Deputada Delegada Nadine (PSDB), o Deputado Delegado Zucco (líder do Republicanos), além dos parlamentares Deputado Frederico Antunes/PP, líder do Governo; Deputado Airton Artus (PDT), Deputado Rodrigo Lorenzoni (PL), Deputado Pedro Pereira (PSDB), Deputado Valdeci Oliveira (PT), Deputada Bruna Rodrigues (PC do B), além de outros parlamentares. Compuseram a mesa de discussão, representares de 28 entidades dos diversos setores produtivos do Estado do Rio Grande do Sul, representados na cadeia de produção de suínos, bovinos, laticínios, grãos, avicultura, embutidos, etc, os quais manifestaram posicionamento favorável ao aumento da alíquota modal de 19% do ICMS (Imposto sob Circulação de Mercadorias e Serviços).


A Direção do SINPOL-RS presente no Plenarinho, aproveitou a oportunidade para pressionar os parlamentares presentes já referidos, para reivindicar índices de reajustes salariais dignos para os servidores da segurança pública, em especial, a todos os policiais civis representados pelo nosso sindicato (Delegados, Comissários, Inspetores, Escrivães e Investigadores de Polícia), bem como reforçar a necessidade do resgate histórico da simetria entre Comissários e Capitães da BM.


Em nossa visão, o aumento de alíquota, cujo proposta é de responsabilidade do Governo Leite, além de resgatar e equilibrar as finanças públicas, também deve ser aplicado para a recomposição salarial dos servidores públicos, cujo seu poder de compra já está comprometido, faz mais de seis anos. Enfatizamos que o último reajuste concedido pelo Executivo foi de apenas 6%, sendo que a alíquota previdenciária foi elevada para 4%, representando um ganho real de apenas 2%.

O SINPOL-RS, tem a firme convicção que um Estado desenvolvido economicamente, também deve investir constantemente nas áreas dos serviços básicos: segurança, educação e saúde.

A Direção do SINPOL-RS confia que o Parlamento Gaúcho se empenhe ainda mais, perante o Governador Leite, para conscientizá-lo da valorização dos servidores públicos gaúchos, cujo a excelência nos serviços da segurança pública, são de alto nível.

SINPOL-RS: UNIDOS SOMOS MAIS FORTES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − doze =