SINPOL-RS realiza reunião com o Deputado Federal Ronaldo Nogueira (Republicanos) para derrubada de vetos da LOPC

Roberto Kaminski (SINPOL-RS), Mário Flanir (Presidente do SINPOL-RS), Ronaldo Nogueira (Deputado Federal/Republicanos) e Robison Reolon (SINPOL-RS).

O SINPOL-RS, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do RS, representado pelo presidente Mário Flanir e os Diretores Robison Reolon e Roberto Kaminski, esteve em reunião no escritório regional do deputado federal Ronaldo Nogueira (Republicanos), localizado no Centro Histórico de Porto Alegre, na tarde desta segunda-feira, 29/09. Durante o encontro, o presidente do SINPOL-RS, solicitou apoio ao parlamentar para a derrubada dos 37 vetos da Lei 14.735/2023 (Lei Orgânica da Polícia Civil), que serão apreciados no próximo dia 09/05, conforme pauta oficial, no Congresso Nacional.

Ronaldo Nogueira (Deputado Federal), Mário Flanir (Presidente do SINPOL-RS), Roberto Kaminski (SINPOL-RS), Robison Reolon (SINPOL-RS) e Aldo Rocha (Assessor Parlamentar do Deputado Ronaldo Nogueira).

O Deputado Federal Ronaldo Nogueira, assumiu o compromisso de comandar a sua bancada na Câmara dos Deputados para a derrubada dos vetos realizados pelo atual Governo Federal. Foi solicitado ao Parlamentar uma agenda com o Senador Mourão (Republicanos), visando seu apoio junto ao Senado Federal, para igualmente derrubar os referidos vetos na respectiva casa legislativa, tal encontro deverá ser realizado com a Direção do SINPOL-RS e a COBRAPOL, em data futura. O Deputado Nogueira, enfatizou que defende os pensamentos políticos no campo da direita, afirmando que as atividades e as atribuições dos servidores da Polícia Civil, são essenciais para a defesa da liberdade, dos direitos, da família e do patrimônio.

Na reunião também foi abordado o descontentamento de todos os servidores da segurança pública do RS, em especial de todos os servidores da Polícia Civil, em relação ao arrocho salarial praticado pelo Governador Eduardo Leite. Ficou registrado que em seis anos de gestão os Policiais Civis receberam apenas 6% de recomposição salarial, em contrapartida, foram aumentados 4% nas alíquotas previdenciárias do IPE Saúde e IPE Previdência, restando apenas um ganho de 2%. Isso é inadmissível, tendo em vista, que uma das principais pautas positivas do atual governo estadual, é o trabalho por excelência da segurança pública.

Por fim, o Presidente do SINPOL-RS, Mário Flanir, declarou que: “ A LOPC foi uma luta e conquista que durou mais de três décadas, tratando-se de uma lei federal que visa qualificar e dar uma identidade nacional para as carreiras policiais (Delegados, Comissários, Inspetores, Escrivães e Investigadores de Polícia), em defesa da sociedade organizada e trabalhadora. Portanto, é vital derrubar todos os vetos produzidos pelo atual Governo Federal”.

SINPOL-RS: UNIDOS SOMOS MAIS FORTES

Deputado Federal Ronaldo Nogueira, lendo a 4ª edição da revista do SINPOL-RS.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 2 =